Tonina fluviatilis

A Tonina fluviatilis é uma bela e delicada planta, com suas folhas e caules bem pequenos e delicados, mas essa não é sua principal característica. Elas são conhecidas por serem muito difíceis de serem mantidas em aquários, devido ao fato de precisarem de uma água com o pH bastante ácido, o que por si só já é uma tarefa árdua de ser mantida, mas pode vir a causar conflito com outras diferentes espécies de plantas e peixes que não se adaptam as condições ácidas da água.

A Tonina fluviatilis, definitivamente não é uma planta indicada para aquaristas iniciantes, e me arrisco a dizer que aquaristas com média experiência também poderão falhar com essa planta. Mesmo assim, quando bem adaptadas aos aquários, são belas plantas que devem ser plantadas na porção intermediária ou frontal do aquário, onde irão fazer um ótimo contraste com outras plantas de folhas maiores e mais largas. Em alguns casos, especialmente em nano aquários, elas são encontradas na porção inferior do aquário devido as suas proporções combinarem com as proporções do hardscape.

Segue a ficha técnica do Tonina fluviatilis:

Família: Eriocaulaceae;

Origem: São plantas originárias da América do Sul;

Hábito: Submersa Emergente;

Tamanho: 10 a 30 cm de altura;

Temperatura da Água: de 20 a 28 ºC;

Iluminação: Intensa;

pH: de 4,2 a 6,0;

Manutenção: Difícil;

Crescimento: Lento;

Propagação: Se reproduz através de fragmentação vegetativa;

Plantio: São plantas que são melhores aproveitadas quando plantadas na porção intermediária e frontal do aquário, e também é interessante o plantio dessas plantas em ramos individuais com cerca de 1 centímetro de distância entre eles. Mesmo assim devem ser sempre plantadas em grupos grandes, claro que respeitando o espaçamento individual.

tonina-fluviatilis

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *