Myriophyllum matogrossense “amano”

A Myriophyllum matogrossense “amano” é uma planta que ficou conhecida após o mestre do aquapaisagismo Takashi Amano, criador do conceito “Nature Aquarium”, utilizou em uma de seus aquários. E essa planta impressionou muitos aquaristas pelo fato de sua delicadeza e características peculiares. Embora as mais de 40 espécies do gênero Myriophyllum, sejam plantas de crescimento rápido, e por conta disso não são muito valorizadas pelos aquapaisagistas, a Myriophyllum matogrossense “amano” não tem o crescimento tão acelerado assim.

A Myriophyllum matogrossense “amano”, é uma planta de caule que sugerimos o plantio na porção intermediária ou fundo do aquário, tudo dependendo das dimensões do mesmo. Também são plantas que tem uma exigência de iluminação que varia de moderada a alta, necessita de substrato fértil e uma boa fertilização líquida, bem como a adição de Co2. São plantas que possuem muitas raízes, mas que ficam escondidas devido as densas moitas que elas formam.

Segue a ficha técnica do Myriophyllum matogrossense “amano”:

Família: Haloragaceae;

Origem: São plantas que tem sua origem na América do Sul;

Hábito: Submersa Emergente;

Tamanho: 20 a 60 cm de altura;

Temperatura da Água: de 20 a 28 ºC;

Iluminação: Média a Intensa;

pH: de 5,5 a 8,0;

Manutenção: Média a alta;

Crescimento: Médio a Rápido;

Propagação: Se reproduz através do corte e replantio dos ramos;

Plantio: São plantas de caules e com isso devemos plantá-las na  parte intermediária ou fundo do nossos aquários, isso devido sua altura e características peculiares, mas dependendo do tamanho do aquário essa posição do plantio pode variar. São plantas que devem ser plantadas em molhos de 2 ramos, e preferencialmente com 3 centímetros de distância uns dos outros.

myriophyllum-matogrossense1

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *