Musgo de Java

O Musgo de Java é uma planta que foi descoberta em uma ilha, chamada Ilha de Java, que da nome ao musgo. Originalmente ela é uma planta de água doce, e amplamente utilizada em aquarismo, fixadas em troncos, raízes e rochas. Mas também podem ser utilizadas em aquários de água salgada, sem problemas para a planta, que deve ter os mesmo cuidados de quando utilizada em aquários de água doce.

Musgo de Java é uma planta que não tem raízes, e isso faz com que ela se fixe com grande eficiência em quase todas as superfícies, como tronco, rochas, cascalho, vidro e chegando até a se fixar em equipamentos elétricos quando não tomamos cuidado. Outra característica dessa planta, é que ela quando podada não irá flutuar como as outras plantas, mas sim irá afundar no aquário, isso exige do aquarista um cuidado extra na hora da poda, ou então o musgo irá se espalhar por toda a parte e logo teremos apenas musgos crescendo no aquário.

Segue a ficha técnica do Musgo de Java:

Família: Hypnaccae;

Origem: São musgos originários da América do Norte e Austrália;

Hábito: Submersa Emergente;

Tamanho: 04 a 08 cm de altura;

Temperatura da Água: de 15 a 28 ºC;

Iluminação: Baixa a Moderada;

pH: de 5,0 a 9,0;

Manutenção: Fácil;

Crescimento: Rápido;

Propagação: Se reproduz através de corte e nova fixação dos ramos;

Plantio: São plantas que servem para serem fixadas em rochas ou troncos, e nunca enterradas no substrato. Ficam ótimas quando fixadas em troncos imitando assim seu crescimento natural quando na natureza, mas também podemos fazer um carpete de musgo de Java, basta apenas fixá-los em pequenas pedras achatadas, e espalhar essas pedras pelo substrato do aquário.

Musgo de Java 1

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.