Musgo – Christmas Moss

Christmas Moss, que ganhou esse nome comum graças ao seu formato e por apresentar rizóides com uma coloração avermelhadas, o que fica muito semelhante a bolinhas em uma árvore de natal. Mas foi batizada no mundo científico como Vesicularia montagnei.

O Christmas Moss, assim como outros mugos apresentam peculiaridades, e uma delas é a forma de executar o plantio, que devemos fixar, amarrar ou colocar os musgos em troncos ou rochas e nunca enterrá-los no substrato. Outra coisa muito importante de se falar, é que os musgos, ao contrario de outras plantas, ao serem cortados  não flutuam, e sim afundam, então é muito importante já ir aspirando os pequenos ramos que podamos para evitar deles se espalharem pelo substrato do aquário, pois caso isso aconteça, o musgo irá crescer naquele local onde ele parou.

Segue a ficha técnica do Christmas Moss:

Família: Hypnaceae;

Origem: São plantas originárias da América do Sul;

Hábito: Submersa Emergente;

Tamanho: 03 a 05 cm de altura;

Temperatura da Água: de 15 a 26 ºC;

Iluminação: Baixa a Moderada;

pH: de 5,0 a 9,0;

Manutenção: Média;

Crescimento: Lento;

Propagação: Se reproduz através de fragmentação vegetativa;

Plantio: São plantas que são melhores aproveitadas quando plantadas na porção intermediária e frontal do aquário, sempre fixadas, ou amarradas em troncos ou rochas, e nunca enterradas no substrato. Normalmente são ficadas com linha ou cola, e pequenas porções que garantirão o crescimento da planta naquele local.

christmas-moss1

Deixe aqui seu email para receber novidades.

2 thoughts on “Musgo – Christmas Moss”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *