Limnophila aromatica

A Limnophila aromatica, é outra planta muito atraente mas pouco utilizada pelos aquaristas brasileiros, talvez pelo fato de pouco conhecimento ou distribuição. Mas são plantas relativamente fáceis de serem mantidas em aquários, desde que seja dada as condições ideais a elas, que são: um substrato fértil, iluminação de qualidade, fertilização líquida e adição de Co2, com tudo isso a planta apresenta crescimento vigoroso e uma coloração purpura belíssima.

A Limnophila aromatica tem um porte mais avantajado, e com isso deve ser plantada na parte posterior do aquário, onde, preferencialmente irão compor densas moitas. Outra característica dessa planta, é que após sucessivas podas, a planta começa a apresentar um certo enfraquecimento e perda de folhas inferiores, nesse momento temos 2 possibilidades, ou parar de podar e deixar a planta se recuperar, o que não é garantido, ou então substituir as mudas mais fracas por novas mudas, vinda de podas da mesma planta mesmo.

Segue a ficha técnica da Limnophila aromatica:

Família: Scrophulariaceae;

Origem: Ásia;

Hábito: Submersa Emergente;

Tamanho: 20 a 50 cm de altura;

Temperatura da Água: de 22 a 28 ºC;

Iluminação: Intensa;

pH: de 5,0 a 7,0;

Manutenção: Médio;

Crescimento: Médio a rápido;

Propagação: Se reproduz através do replantio das podas;

Plantio: São plantas para serem plantadas na parte posterior do aquário, sempre em densas moitas onde irão apresentar uma coloração purpura, desde que recebam uma boa quantidade de iluminação, bem como a adição de Co2 e fertilização líquida. Por apresentarem um crescimento um pouco mais acelerado e um tamanho grande devemos plantar em moitas volumosas. Devem ser plantadas em molhos de 5 ramos com 3 centímetros de distância entre elas.

limnophila-aromatica1

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *