Pirarara

O Pirarara é um peixe de couro e de hábitos noturnos, sendo mais ativos nesses períodos. São peixes de grande porte, que podem chegar a medir até 130 centímetros quando em aquários, mas na natureza pode ultrapassar essa marca. Sabendo disso, podemos dizer que não são peixes indicados para serem criados em aquário pequenos, tão pouco junto a outros peixes de porte menor do que ele, pois ele irá predar qualquer peixe que possa caber dentro da boca dele.

A Pirarara é um peixe pacífico e de nado majestoso, mas como é um predador não podemos colocar ele na presença de peixes pequenos. Também devemos ter um cuidado maior com a qualidade da água de fundo, pois como eles irão passar a maior parte do tempo em contato com o substrato, essa parte do aquário deve ter uma qualidade alta também.

Mesmo sendo muito fácil de ser mantido em aquários, o Pirarara requer alguns cuidados para poder ter sua vida útil aumentada e deixá-los ainda mais vistosos e coloridos. Segue a ficha técnica do Pirarara:

Nome popular:
São conhecidos com o nome de Pirarara

Nome científico:
Foi batizado de Phractocephalus hemioliopterus

Origem:
São peixes nativos da America do Sul.

Temperatura:
Para manter a qualidade do habitat ideal para o Pirarara, a água deve estar entre 20°C e 28°C, mas de preferência manter em 26°C.

Água:
O pH da água deve ficar entre 5.0 a 7.0.

Alimentação:
O Pirarara é um peixe onívoro por natureza, que quando em rios irá se alimentar de pequenos peixes, minhocas, camarões caranguejo entre outros, mas também pode comer eventuais frutas que encontrar em seu caminho. Já quando colocados em aquários irão continuar se alimentando desses mesmo alimentos já citados mas também irão aceitar muito bem os alimentos congelados, filés de peixes e tenébrios. E um cuidado muito importante é nunca oferecer carne vermelha para eles.

pirarara1

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *