Dourado

O Dourado, ou como é conhecido em muitos lugares “O Rei do Rio”, é um dos maiores predadores de escamas de água doce e devido sua coloração, anatomia e velocidade, é muito procurado pelos pescadores de pesca esportiva. Infelizmente a carne desse peixe também é muito saborosa, o que o levou a ser muito abatido por pescadores amadores e profissionais para consumo humano.

São peixes especializados na predação em corredeiras, onde emboscam pequenos peixes com sua grande velocidade, capturando eles com a ajuda de sua grande boca munida de dentes cônicos. São de uma coloração dourada avermelhada linda, que brilha contra os raios do sol, fazendo com que o peixe pareça estar coroado como um Rei.

A Dourado, apresenta um dimorfismo sexual onde a fêmea apresenta um tamanho maior do que os do machos, mas esses possuem um espinho na nadadeira caudal que as fêmeas não apresentam. São peixes de porte grande, chegando a medir 1 metro e a pesar até 20 Kg e podendo viver até 15 anos. Com isso devemos ter muito cuidados com o tamanho do aquário onde iremos colocar esse peixe, bem como os outros peixes que iremos manter junto com o Dourado, pois ele irá predar qualquer peixe que caiba na boca dele.

Mesmo sendo fáceis de ser mantido em aquários de jumbos, o Dourado requer alguns cuidados para poder ter sua vida útil aumentada e deixá-los ainda mais vistosos e coloridos. Segue a ficha técnica do Dourado:

Nome popular:
São conhecidos com o nome de Dourado, e em algumas regiões são conhecidos como Piraju e Pirajuba.

Nome científico:
Foi batizado de Salminus brasiliensis.

Origem:
São peixes que podem ser encontrados na América do Sul.

Temperatura:
Para manter a qualidade do habitat ideal para o Dourado, a água deve estar entre 22°C e 28°C, mas de preferência manter em 25°C.

Água:
O pH da água deve ficar entre 6.0 a 7.6.

Alimentação:
O Dourado é um peixe de alimentação carnívora, que são especializados na caçada, comendo qualquer espécie de peixe que caiba dentro de sua boca, incluindo pequenas espécies de aves, mas eles tem uma predileção por lambaris e sardinhas. Quando em aquários de jumbos, esses peixes podem se acostumar com minhoca, filé de frango e filé de peixe, em alguns casos podem comer rações especiais para predadores carnívoros.

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *