Paguro

O Paguro faz parte dos crustáceos decápodes da super família Paguroidea, que inclui os seguintes crustáces popularmente conhecidos como: caranguejo-eremita, bernardo-eremita, paguro, caranguejo-ermitão e casa-alugada.

O Paguro e os outros animais dessa super família apresentam uma característica em comum que é ter a pléon mole, ou seja, o seu “abdômen” é inteiramente mole, onde os crustáceos protegem esse pléon mole ficando dentro de conchas. Essas conchar são de pequenos moluscos, e os paguros as carregam com ele, e conforme vão crescendo, eles vão abandonando essas conchar menores e entrando em conchas maiores. Em alguns casos eles podem até mesmo carregar as anêmonas em suas conchas para ter mais segurança ainda.

O Paguro é um decápode, ou seja, possuem 10 patas, e com isso eles podem se locomover rapidamente no fundo do mar, e no fundo de nossos aquário. Por falar nisso, vamos encontrar eles sempre se locomovendo, isso porque estão sempre a procura de alimentos e de outras conchas para se abrigar melhor.

Já quando falamos de alimentação, podemos dizer que os Paguros, fazem parte da equipe de limpeza dos aquários marinhos, pelo simples fato deles serem detritívoros, ou seja, irão se alimentar de restos de comidas, algas, animais mortos.

Embora a Paguro seja fácil de ser criada em um aquário, e importante  tomar  alguns cuidados para poder aumentar a vida útil do peixe e deixá-los ainda mais  vistosos e  coloridos, segue a ficha técnica da Paguro:

Nome Popular:
São conhecidos com o nome de Paguro.

Nome Científico:
Foi batizado de Paguroidea

Origem:
São peixes nativos e encontrados nas águas de praias costeiras.

Temperatura:
Para manter a qualidade do habitat ideal para esses animais, a água deve estar entre 20°C e 27°C,  mas de preferência manter em 25°C.

Água:
O  pH da água deve ficar entre 8.2 a 8.4

Alimentação:
A Paguro tem uma alimentação detritívoro, ou seja, irão comer os restos de alimentos, peixes e crustáceos mortos, algas, e outros tipos de matéria orgânica que possam estar em seu aquário. Por conta dessa característica na alimentação, eles são considerados a equipe de limpeza do aquário marinho.

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *