Tudo o que você precisa saber sobre o Rodóstomus

Rodóstomus

O Rodóstomus é um peixe muito fácil de ser mantido em aquário, e pelo fato de gostar de formar cardumes, é muito utilizado em aquários plantados, onde sua mancha vermelha na cabeça ressalta em contraste ao verde das plantas.

São peixes de sociabilidade fácil. Geralmente a fêmea é menor que o macho, e tem o seu copro mais cheio e o ventre mais volumoso. Podem chegar a 5 cm quando adultos.

Mesmo sendo muito fácil de ser mantido em aquários, o Rodóstomus requer alguns cuidados para poder ter sua vida útil aumentada e deixá-los ainda mais vistosos e vibrantes. Segue a ficha técnica do Rodóstomus:

Nome popular:
São conhecidos com o nome de Rodóstomus

Nome científico:
Foi batizado de Hemigrammus rhodostomus

Origem:
São peixes nativos da America do Sul, encontrados em toda a bacia amazônica.

Temperatura:
Para manter a qualidade do habitat ideal para o Rodóstomus, a água deve estar entre 26°C e 28°C, mas de preferência manter em 27°C.

Água:
O pH da água deve ficar entre 6.5 a 6.8.

Alimentação:
O Rodóstomus é um peixe que aceita muito bem as rações industrializadas, tanto as floculadas como as granuladas. Também gosta bastante de alimentos de origem animal como artêmias, tubifex e bloodworms.

 

Tudo o que você precisa saber sobre o Rodóstomus

Preparamos esse vídeo onde você pode ver mais sobre o Rodóstomus.

Deixe aqui seu email para receber novidades.

4 thoughts on “Rodóstomus”

  1. Olá! Como é a reprodução em cativeiro? Possuo um aquário de 200L com 14 indivíduos dessa espécie que dividem o espaço com 3 kinguios e 1 ampulária.

    1. Amigo, vc não conseguirá reproduzir nenhuma dessas espécies enquanto elas viverem juntas, na verdade me surpreende que sobrevivam. Kinguios são peixes de amplo espectro de temperatura (10-28) e que vivem em ph de neutro a levemente alcalino. As ampulárias preferem água propriamente alcalina (para auxiliar na formação da concha) e temperaturas mais altas (24-28). Já os rodóstomos vivem em água ácida e quente, sendo especialmente exigentes com água mole para sua reprodução, inclusive estudos apontam que ions de cálcio provocam esterilidade nas fêmeas dessa especie. Em suma seu aquário como está não garante o bem estar de nenhuma das criaturas que nele vivem. Sugiro que priorize uma das espécies e que escolha! Aquário ácido ou básico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *