Peixe Cruzeiro do Sul

O Peixe Cruzeiro do sul, é um peixe pacifico e muito tímido, mas essa timidez pode ser resolvida deixando o peixe sempre um cardumes de no mínimo 5 indivíduos. Tem o corpo alongado, anatomia típica de peixes de alta velocidade e, aliado ao seu tamanho mediano, cerca de 15 centímetros quando adulto, requerem aquários de volumes maiores. 

São aconselhados para compor aquário plantados, que irão fornecer abrigo para os peixes e fazer com que eles se sintam mais a vontade evitando assim estresses. Também devemos evitar manter o aquário em locais com muito movimento, pois esse peixe irá se assustar muito facilmente, e se isso acontecer com frequência o peixe pode ficar com o nível de estresse elevado e assim ficando com sua imunidade mais fraca, o que pode ocasionar algumas doenças.

Embora esse peixe seja muito fácil de ser criado em um aquário, e importante  tomar alguns cuidados para poder aumentar a vida útil do peixe e deixá-lo ainda mais  vistoso e  colorido, segue a ficha técnica do Peixe Cruzeiro do sul:

Nome Popular:
São conhecidos com o nome de Peixe Cruzeiro do sul ou apenas Cruzeiro

Nome Científico:
Foi batizado de Hemiodus gracilis

Origem:
São peixes encontrados em toda a bacia Amazônica.

Temperatura:
Para manter a qualidade do habitat ideal para o Peixe Cruzeiro do sul, a água deve estar entre 23°C e 28°C,  mas de preferência manter em 26°C.

Água:
O  pH da água deve ficar entre 5.8 a 7.0.

Alimentação:

Os Peixe Cruzeiro do sul quando na natureza apresenta uma alimentação onívora. Contudo quando em aquários aceitam muito bem rações industrializadas do tipo flocada ou até mesmo a granulada. Vale salientar que é sempre aconselhável oferecer alimentos vivos de qualidade como artemias, pelo menos uma vez por semana, bem como rações a base de vegetais como spirulina, para manter a saúde dos peixes.

Tudo o que você precisa saber sobre o peixe Cruzeiro do sul

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *