Tudo o que você precisa saber sobre o Cascudo comum ou pleco

Cascudo comum ou Pleco

O Cascudo comum ou Pleco são uns dos peixes mais procurados pelos aquaristas iniciantes, pelo fato de terem um comportamento muito procurado pelos aquaristas, que é justamente a crença de que o Cascudo mantem o substrato do aquário limpo.

Embora o peixe venha a comer algumas rações que possam cair no substrato, e as rações especializadas para esse tipo de peixe, afundem imediatamente, essa é uma crença errada, os cascudos não irão limpar o substrato ou o fundo do aquário por si só, pelo contrário, em aquários com a presença de cascudos, a preocupação e cuidado com a limpeza do fundo do aquário deve ser dobrada, para evitar que a qualidade da água mais próxima ao fundo piore de qualidade causando infecções nos cascudos e até mesmo a morte dos mesmo.

São peixes com a tendencia de se alimentarem no escuro, por conta desse comportamento, é muito importante que os alimentos para eles sejam colocados no aquário logo antes de as luzes serem apagadas, para garantir que os cascudos comam com maior proveito.

O Cascudo comum pode ter seu sexo diferenciado mais facilmente sendo observado de cima. Dessa forma podemos observar que o macho é maior e mais robusto que a fêmea, também podemos perceber que nas nadadeiras peitorais dos machos existem pequenos espinhos ao longo do corpo que são chamados deodontodes.

Embora o Cascudo comum  seja muito fácil de ser criado em um aquário, e importante  tomar alguns cuidados para poder aumentar a vida útil do peixe e deixá-lo ainda mais  vistoso e  colorido, segue a ficha técnica do Cascudo comum:

Nome Popular:
São conhecidos com o nome de Cascudo comum, cascudo, pleco, Acarí ou Suckermouth catfish

Nome Científico:
Foi batizado de Hypostomus plecostomus

Origem:
São peixes encontrados em toda a América do Sul.

Temperatura:
Para manter a qualidade do habitat ideal para o Cascudo comum, a água deve estar entre 22°C e 28°C,  mas de preferência manter em 25°C.

Água:
O  pH da água deve ficar entre 6.0 a 7.4.

Alimentação:

Os Cascudo comum tem uma alimentação Onívora com uma tendência a ser vegetariano. Aceitando muito bem a rações industrializadas especializadas para peixes de fundo, podendo ser de proteína animal ou vegetal. Mas para garantir a qualidade e saúde dos peixes você pode incentivar ele a uma alimentação vegetariana como por exemplo: abóbora, pepino, abobrinha, alface, couve, vagem, ervilha, batata (ocasionalmente), etc. Lembrando que é muito importante alimentar esse tipo de peixe logo antes de apagar as luzes do seu aquário, pois o Cascudo comum se torna mais ativo de noite.

Tudo o que você precisa saber sobre o Cascudo comum ou pleco

Deixe aqui seu email para receber novidades.

10 comentários em “Cascudo comum ou Pleco”

    1. São várias espécies os comuns não, porém há alguns que são carnívoros e terreitorialistas e aí sim podem atacar e comerem outros peixes… Esses(comuns) seriam apenas para se defender ou algumas fêmeas para se acasalarem.

  1. Tenho um cascudo comum em meu aquário, qd eu o comprei ele não tinha nem 5 cm, pensei q ele não cresceria muito já q lí em diversos lugares q ele chegaria aos 20 cm e pararia de crescer, pois bem 3 anos depois o meu já tem 30 cm e parece que continua crescendo, é um peixe q eu adoro porém não é tão fácil assim mantê-lo no aquário, ele faz muita bagunça, não deixa eu plantar nada, tudo q eu planto ele mata, ele odeia a planta amazonensis, já tentei diversas vezes plantá-la mas ele não deixa, fica se atirando contra ela até ela se desprender do fundo, eu tenho um aquário amazônico e de vez em qd dá uma loucura no cascudo e ele fica perseguindo os acarás bandeira, mas não é fome pois ele é bem alimentado e essa crença de q ele limpa o aquário é completamente errada já q o cascudo sozinho suja mais o aquário q todos os outros peixes juntos.

    1. Verdade, eu tinha 5 no meu aquário, cresceram muito em 3 anos, sendo que dois deles passaram longe dos 30 cm, sujavam para valer, remexiam o fundo e por consequência a limpeza das bombas era a cada 2 dias. Os doei para serem colocados em um açude, coloquei curbículas para fazer a limpeza das alga, eram 4 em 60 dias já passam de 60, as bombas não entopem tanto, mas em contra partida as algas começaram a aumentar, vou ter que implementar outros peixes de fundo, mas que não cresçam tanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.