Hap Eletric Blue

O Hap Eletric Blue, assim com os outros ciclídeos, eles também são peixes bastante agressivos e bastante territorialistas, principalmente com peixes machos da mesma espécie ou outros machos com o mesmo padrão corporal e coloração. Por esse motivo é sempre aconselhável manter apenas um peixe macho de cada espécie, e de preferencia de coloração diferente. Também não aconselhamos colocar peixes muito menores do que eles, pois muito provavelmente poderão ser predados. 

Em geral,o peixe macho apresenta uma coloração bem mais acentuada e vibrante do que a da fêmea, e também é maior em tamanho corporal. Outra característica que irá diferenciar o macho da fêmea é o ventre, que na fêmea se apresenta bem mais roliço, especialmente na época da desova dos peixes, portanto se torna bem fácil de distinguir um peixes macho de uma fêmea.

Embora esse peixe seja muito fácil de ser criado em um aquário, e importante  tomar alguns cuidados para poder aumentar a vida útil do peixe e deixá-lo ainda mais  vistoso e  colorido, segue a ficha técnica do Hap Eletric Blue:

Nome Popular:
São conhecidos com o nome de Hap Eletric Blue

Nome Científico:
Foi batizado de Sciaenochromis fryeri

Origem:
São peixes encontrados no lago Malawi.

Temperatura:
Para manter a qualidade do habitat ideal para o Hap Eletric Blue, a água deve estar entre 22°C e 26°C,  mas de preferência manter em 24°C.

Água:
O  pH da água deve ficar entre 7.8 a 8.6.

Alimentação:

O Hap Eletric Blue é um peixe carnívoro que quando na natureza irá se alimentar de outros peixes menores do que ele e de alguns alevinos, incluindo peixes de mesma espécie. Mesmo assim, quando em aquários são peixes que aceitam bem as rações industrializadas desenvolvidas especialmente para ciclídeos, e uma vez por semana devemos dar alimentos vivos como artemias, larva do besouro do amendoim, entre outros,o que irá garantir uma melhor qualidade de vida aos peixes.

Hap Eletric Blue

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Uma ideia sobre “Hap Eletric Blue”

  1. No dia que soltei um deste no aquário, ele saiu matando todos que via pela frente! Foi difícil capturá-lo de volta, mas assim que consegui, troquei o peixe na loja por outra espécie e nunca mais comprei outro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *