Tudo o que você precisa saber sobre o peixe Tetra Pinguim

Tetra Pinguim

O Tetra Pinguim, é um peixe sociável, e de cardumes, portanto são bons para serem mantidos em aquários comunitários desde que em cardumes de no mínimo 5 indivíduos, caso contrário o peixe pode ficar tanto com uma agressividade maior contra outros peixes, como muito acanhado e tímido. 

Vale salientar que as disputas podem sim ocorrer, mas sempre entre peixes machos da mesma espécie. E essas disputas podem ser muito bonitas de se ver, especialmente quando a disputa se deve a uma fêmea, onde os peixes machos mostram suas nadadeiras e cores, sempre tentando se exibir ao máximo um para o outro, o que é de uma beleza impar.

Embora esse peixe seja muito fácil de ser criado em um aquário, e importante  tomar alguns cuidados para poder aumentar a vida útil do peixe e deixá-lo ainda mais  vistoso e  colorido, segue a ficha técnica do Tetra Pinguim:

Nome Popular:
São conhecidos com o nome de Tetra Pinguim

Nome Científico:
Foi batizado de Thayeria Bohlkei

Origem:
São peixes encontrados na América do Sul, mais especificamente no Brasil, Guiana e Suriname.

Temperatura:
Para manter a qualidade do habitat ideal para o Tetra Pinguim, a água deve estar entre 24°C e 28°C,  mas de preferência manter em 26°C.

Água:
O  pH da água deve ficar entre 5.5 a 7.2.

Alimentação:

Os Tetra Pinguim tem uma alimentação onívora, mas com uma tendência para o carnivorismo. Contudo quando em aquários aceitam muito bem rações industrializadas do tipo flocada, mas sempre é aconselhável oferecer alimentos vivos de qualidade como artemias, pelo menos uma vez por semana, para manter a saúde dos peixes.

Tudo o que você precisa saber sobre o peixe Tetra Pinguim

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *