Tudo o que você precisa saber sobre o peixe Aphyosemion cognatum

Aphyosemion cognatum

O Aphyosemion cognatum, assim como outros Killifishs são peixes muito coloridos, apresentando uma coloração azulada com detalhes em vermelho e amarelo. Também como a maioria dos Killis, eles tem a tendencia de saltar o que pode ser um grande problema para aquários sem tampa.

Seguindo as características dos killis, o Aphyosemion cognatum é um peixe muito pacífico e convive muito bem com outros peixes, mas pode se tornar agressivo com machos de mesma espécie. Também são peixes altamente indicados para aquaristas iniciantes e aquários plantados. Também podemos acrescentar que são peixes não anuais, o que quer dizer que os ovos não precisam da pausa seca chamada diapausa, para que seus ovos se desenvolvam, o que é uma ótima notícia pois facilita muito a reprodução dessa espécie em nossos aquários.

Embora esse peixe seja muito fácil de ser criado em um aquário, e importante  tomar alguns cuidados para poder aumentar a vida útil do peixe e deixá-lo ainda mais  vistoso e  colorido, segue a ficha técnica do Aphyosemion cognatum:

Nome Popular:
São conhecidos com o nome de Aphyosemion cognatum, mas também pode ser chamado de Redspot Panchax e Red-spotted Killi

Nome Científico:
Foi batizado de Aphyosemion cognatum

Origem:
São peixes encontrados no continente Africando, especificamente no Congo e no Zaire (Bacia do Rio Congo).

Temperatura:
Para manter a qualidade do habitat ideal para o Aphyosemion cognatum, a água deve estar entre 22°C e 26°C,  mas de preferência manter em 24°C.

Água:
O  pH da água deve ficar entre 5.6 a 6.8.

Alimentação:

Os Aphyosemion cognatum tem uma alimentação Carnívora, mas quando criados em aquários podem aceitar rações industrializadas. Porem preferem muito mais alimentos vivos como artemias, larvas do besouros do amendoim, dáfnias e enquitreias, isso fará com que o peixe fique mais saudável e com isso mostre todo o seu potencia de cores e movimentação.

Tudo o que você precisa saber sobre o peixe Aphyosemion cognatum

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *