Tudo o que você precisa saber sobre o Caramujo Trombeta

Caramujo Trombeta

O Caramujo Trombeta é um caramujo de hábitos noturnos, e por conta disso ele costuma se enterrar no substrato durante todo o dia, saindo somente de noite para poder começar sua atividade. Também é um caramujo muito pacífico, ideias em aquários comunitários sem muitas plantas.

O Caramujo Trombeta é muito difícil de ser distinguível entre o macho e a fêmea. praticamente não se faz essa diferenciação. São ótimos indicadores da qualidade da água dos aquários, pois quando sua população esta se reproduzindo muito, e um indicador de que existe muito material orgânico em seu aquário, pois é desse material que eles se alimentam, se o material orgânico estiver sob controle, a população de caramujos também ficará sob controle.

Mesmo sendo relativamente fácil de ser mantido em aquários, o Caramujo Trombeta requer alguns cuidados para poder ter sua vida útil aumentada e deixá-los ainda mais vistosos e vibrantes. Segue a ficha técnica do Caramujo Trombeta:

Nome popular:
São conhecidos com o nome de Caramujo Trombeta

Nome científico:
Foi batizado de Melanoides tuberculata

Origem:
São caramujos que podem ser encontrados na região Cosmopolita, menos em região ártica.

Temperatura:
Para manter a qualidade do habitat ideal para o Caramujo Trombeta, a água deve estar entre 18°C e 32°C, mas de preferência manter em 25°C.

Água:
O pH da água deve ficar entre 6.5 a 8.0.

Alimentação:
caramujo trombeta é uma espécie considerada detrívora, ou seja, são animais que consomem materiais que iriam se decompor no aquário, mas aceitam muito bem rações granuladas, spirulina, folhas de espinafre e outras, além de se alimentarem muito de algas.

Tudo o que você precisa saber sobre o Caramujo Trombeta

Deixe aqui seu email para receber novidades.

4 thoughts on “Caramujo Trombeta”

  1. Detesto caramujos. São uma praga no aquário. Depois que coloquei plantas sem passar antes por uma lavagem com água sanitária meu aquário ficou infestado. Por mais que eu tirasse sempre aparecia mais. Tive que lavar com água fervendo e água sanitária todo o aquário (incluindo filtro e enfeites para que a praga acabasse), depois disso só coloco peixes e plantas no aquário depois que eles passam por uma descontaminação.

    Parabéns pelo site.

  2. Eu crio dois caramujos (tipo gerry) e gosto muito deles. São divertidos subindo e descendo pelas pedras, fazendo peraltices ao tentar pular da parede para um galho, despencando de cima.. Não viraram pragas no meu aquário. Basta ficar atento com a desova que ocorre na parte esterna e retirar antes da eclosão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *