Arquivo da categoria: Sem categoria

Pós-piracema: como proceder no período

Quem gosta de pescar no Pantanal não vê a hora de chegar o período da pós-piracema, reservar uma das muitas Pousadas no Pantanal MS e passar horas observando os peixes e pescando, certo? Porém, o que muita gente não sabe é que mesmo com a pesca liberada, alguns cuidados são necessários.

Mesmo após a Piracema, os pescadores amadores devem obter a licença de pesca, que é obrigatória e pode ser adquirida em agências do Banco do Brasil ou pela internet. A autorização ambiental é individual, tem validade trimestral ou anual, é obrigatória para pesca embarcada ou desembarcada (em barrancos dos rios).

Os pescadores devem obedecer às medidas mínimas de pescado permitidas em MS e a cota permitida por pescador devidamente licenciado é de 10 quilos, mais um exemplar de qualquer espécie e cinco exemplares de piranha, respeitando as medidas acima. Os pescadores, além de respeitar a cota e o tamanho mínimo permitido, devem, após a pescaria, passar em um posto da Polícia Militar Ambiental (PMA) para preenchimento da guia de controle de pescado, que comprova a origem e permite o transporte do pescado em Mato Grosso do Sul e em outros Estados.

Além disso, é proibida a utilização de rede, tarrafa, ou equipamentos agressivos aos peixes. Em alguns locais, é permitido pescar e soltar os peixes.

 

Ludwigia glandulosa

A Ludwigia glandulosa é uma das plantas aquáticas mais vermelhas dentre as vermelhas, e também uma das menos exigentes dentre as vermelhas. Mas isso não quer dizer que seja uma planta de manutenção fácil. É uma planta que demanda de manutenção média mas que depende muito de uma boa iluminação e intensa, também demanda substrato fértil, principalmente enriquecido com ferro,e de preferencialmente com adição de fertilizantes eventualmente e também necessita de adição de CO2.

Continue lendo Ludwigia glandulosa

Camarão Vampiro

Camarão Vampiro apesar do nome assustador, é um camarão muito pacífico, e de comportamento amigável, podendo conviver bem com outras espécies de camarões e peixes, tanto maiores como menores que ele. Só é preciso ter cuidado com peixes muito grandes pois os mesmo podem ver o camarão como fonte de alimento.

Continue lendo Camarão Vampiro