Tudo o que você precisa saber sobre o Sistema de CO2

Sistema de Co2 em aquário

Atualmente existem algumas metodologias de sistema de Co2 para aquário, e a principal diferença entre eles é quanto ao custo e a facilidade de manutenção.

O Co2, ou Gás Carbônico, é de fundamental importância em aquários plantados, uma vez que muitas plantas não terão seu desenvolvimento completo, chegando até a morrer, caso os níveis de Co2 estejam baixos.

Mas porque o Co2 é tão importante assim?

Como nós sabemos, as plantas fazem a fotossíntese, que é basicamente o processo por onde ela produz sua energia. E para realizar a fotossíntese a planta necessita de Luz e Co2. Até mesmo as plantas aquáticas, e por isso é que o Co2 é tão importante assim em um aquário plantado.

O primeiro método é o de Gás Carbônico caseiro. Ele é um método muito barato e eficiente, altamente indicado para aquaristas iniciantes na arte do aquário plantado e que não querem gastar muito dinheiro, sua desvantagem é que a receita do Sistema de Co2 caseiro deve ser refeita a cada 7 ou 10 dias.

O segundo método é o de Cilindro de Co2. Esse método é muito prático e eficiente, tendo como desvantagens seu valor mais elevado de investimento, mas para quem pode gastar um pouco mais, é altamente recomendável, pois com esse sistema se tem controle total da quantidade de injeção de Co2.

Por terceiro encontramos diversos métodos de injeção de Co2, não muito utilizado, ou pelo seu alto valor, ou por não terem chego ao Brasil ainda, podemos sitar como exemplo o sistema eletrônico de Co2, que consistem em uma placa de carbônio que através de energização libera Co2 na água, ou ainda um modelo menos tecnológico que são as pastilhas efervescentes de Co2, uma alternativa barata, mas de eficiência não comprovada ainda.

Tudo o que você precisa saber sobre o Sistema de CO2

 

Agora que temos uma noção de como são os sistemas de Co2 para aquários, podemos escolher o que mais se enquadra em nosso caso.

Deixe aqui seu email para receber novidades.

9 comentários em “Sistema de Co2 em aquário”

    1. Olá Felipe,

      O CO2 deve ser injetado em um aquário plantado, somente durante o período em que as plantas estão fazendo a fotossíntese, ou seja, no mesmo tempo em que as luzes estiverem ligadas.

      Quanto ao oxigênio, não é preciso colocar oxigênio em um aquário plantado, pelo fato das próprias plantas já produzirem o mesmo. Mas se quiser colocar, só ligue o oxigênio depois que desligar o CO2.

      Abraços

    1. Olá André,

      Essa é uma reação imediata, existindo as condições necessárias as plantas estarão fazendo a fotossíntese.

      Mas não entendi direito a sua pergunta. Espero que tenha respondido corretamente.

      Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *