O que não fazer em seu aquário – Parte 4

Dando continuidade a nossa série de posts sobre o que não fazer em seu aquário, vamos agora para a parte 4, onde falaremos sobre algumas práticas que fazemos com o objetivos de economizarmos monetariamente, mas que pode se reverter e agabar fazendo com que acabemos gastando mais do que planejado. Mas vamos parar de blá blá blá e ir direto para o que nos interessa.

Não economize no filtro externo;

Já falamos diversas vezes nesse blog sobre a um importância de um bom filtro, mas mesmo assim é sempre válido retomar a esse assunto para mostrar como ele é importante.

O filtro nada mais é do que o coração, ou pulmão, de nosso aquário. É ele o responsável por, além de outras coisas, agitar a água de nosso aquário o que faz com que a água seja oxigenada o que é bom para nossos peixes e também para as bactérias benéficas que ajudam a decompor toda a meteria orgânica em nosso aquário. Alguns filtros, além de tudo o que falamos acima, também podem conter locais próprios para a proliferação dessas bactérias benéficas, o que ajuda ainda mais nosso aquário, e alguns chegam a aquecer a água quando necessário.

Tendo todos esses benefícios em vista, fica claro a importância de um bom filtro externo, que a princípio pode parecer mais caro, mas evitar muitos problemas pelo caminho que acabarão fazendo com que você venha a gastar para corrigi-los.

Não compre na loja que simplesmente vende mais barato;

Uma boa loja de aquarismo é aquela que lhe oferece,além de produtos de qualidade, conselhos e ajudas quando necessário, ou seja, um bom lojista não venderá apenas por vender, como é o caso de algumas lojas que visão atrair os cliente apenas oferecendo preços mais baratos, e sim pode chegar até a diminuir a quantidade de peixes que você gostaria de comprar, uma vez que ele identifique que você esta superpovoando seu aquário, ou então esta cometendo o erro de colocar muitos peixes de uma unica vez em seu aquário recém ciclado.

Esse lojista também apresentará um estrutura muito mais limpa e adequada em sua loja, tomando muito cuidados dos peixes, para que ele não estejam doentes quando seus clientes os comprarem, e esses cuidados podem sim, e devem influenciar tando no valor do produto/serviço oferecido, como na sua opção por uma loja mais barata e com maus cuidados, ou esta acima citada. No aquarismo, assim como em vários outros aspectos da nossa vida, vale sempre lembrar de uma máxima que diz: Muitas vezes o barato sai muito caro.

O que não fazer em seu aquário - Parte 4

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *