Tudo o que você precisa saber sobre a lavagem de seu aquário

12 Passos para montas seu primeiro aquário – Parte 1 – Lavagem do aquário

Depois de receber muitas perguntas dos leitores do blog resolvi criar uma serie dividida em 12 posts contando 12 passo essenciais para que esta pretendendo montar seu primeiro aquário. Na verdade esses passos serve para todos os aquaristas, desde os iniciantes até mesmo o mais experientes.

Então chega de blá blá blá e vamos logo ao primeiro passo, a Lavagem do aquário.

Após comprar o seu primeiro aquário, ou até mesmo tirar ele daquele lugar em que estava guardado por algum tempo, com a intenção de reativá-lo, devemos prestar a atenção quanto à limpeza do mesmo, pois ele abrigará peixes vivos, e devemos garantir a higiene da casa desses seres vivos. E é justamente nessa hora que muitas pessoas se enganam, e querem limpar o aquário e os materiais que irão utilizar na decora com sabão, detergente ou outros produtos químicos, que apesar de serem muito bons para a limpeza, também são extremamente tóxicos para os peixes e plantas de seu aquário. Portanto os produtos de limpeza são expressamente proibidos para a lavagem de nosso aquário e material decorativo.

Tudo o que você precisa saber sobre a limpeza de seu aquário

 

Mas então, como devemos limpar nossos aquários antes de montá-los?

Calma! Essa pergunta é simples de ser respondida. Tanto o novo aquário quanto aquele que estava guardado em algum local e agora vai ser reativado, como os materiais decorativos (plantas de plásticos, pedras, troncos, raízes e outros tipos de enfeites) devem ser lavados apenas com água corrente limpa. Na maior parte dos casos apenas esse procedimento já dá conta do recado, mas você pode usar uma escova de dente separada apenas para o aquário, que nunca foi utilizada antes, e uma bucha, também sem ter sido usada antes ou ter entrado em contato com produtos de limpeza, para auxiliar na lavagem.

Em último caso, quando o aquário ou algum dos materiais de decoração estiverem muito sujos, e o procedimento padrão não conseguir limpar direito, podemos usar algum tipo de sabão ou detergente neutro, e logo após enxaguar MUITO bem, tendo a certeza de que não fique nenhum resíduo do produto químico. Podendo até mesmo deixar de molho em água limpa para garantir mesmo que não fique nada preso, pois se ficar alguma coisa, por menor que seja, irá alterar os parâmetros da água e causar a morte dos peixes.

No próximo post iremos falar sobre o passo 2 “Modelando o cascalho ou substrato”

Deixe aqui seu email para receber novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *